Nove homens arrombam agência do Banco do Brasil de Itapetim

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Na madrugada desta sexta-feira (3), por volta das 2h, a Agência do Banco do Brasil, situada na Avenida Clístenes Leal, em Itapetim, foi arrombada. Segundo populares que passavam pelo local, nove suspeitos encapuzados e fortemente armados, fizeram parte da ação.










Fotos: Jomar Camussi

25 comentários:

Anônimo disse...

agora e so entencifica mais a seguransa entre comercios e deixar de se preocupar com as coisas que são quase sem importancia como um exemplo o uso do capacete dentro da cidade, ou a circulação das motos ñ emplacadas.

Marcos disse...

É com pesar que acompanho esta notícia, pois vejo que aquela cidade tranquila e pacata que nasci e permaneci até os vinte anos, passou a sofrer do mau (violência) que ataca as grandes cidades de todo Brasil. Para esta população maravilhosa de pessoas simples em sua maioria trabalhadores rurais aposentados que necessitam da agencia, deixo aqui a minha solidariedade. Um forte abraço a todos.
Marcos Lecivanio

Marcos Lecivanio

Anônimo disse...

pra onde vamos afinal é bandido por todu lado ja nao bastava rio de janeiro agora nossa belissima cidade

Lusa Vilar disse...

É com muita tristeza que vejo estas imagens. A violência banalizou-se, os bandidos não poupam sequer as pequeninas cidades, onde o cidadão só recebe algum dinheiro quando derrama o suor do próprio rosto.É com muito tristeza, também, que leio o comentário deste "anônimo" que acha que fiscalizar as motos e obrigar o uso do capacete é coisa sem importância. Recentemente, por falta de fiscalização no uso das motos, perdemos Dorotéia Nunes Santos, vítima de atropelamento por uma moto, cujo comando estava sob a responsabilidade de um menor. Na mesma semana, a grade do jardim da minha casa foi brutalmente arrancada por uma moto que, em alta velocidade, subiu a calçada e avançou em direção a essa grade de proteção. Minutos antes, minhas netas brincavam tranquilamente no pé do gradio e Carlos Rego, meu marido, conversava com Zé de Martim que estava sentado na sua cadeira de rodas, por pouco não se deu um desastre sem proporções. Também se chama "violência" a falta de autoridade e fiscalização em uma cidade.
Que Deus nos proteja a todos, minha solidariedade ao povo da minha terra, e pena de morte, já, para a bandidagem que tomou conta do País, de norte a Sul.

ANTONIO disse...

Esse tipo de Crime esta sendo comum em vários lugares. A cerca de 30 dias aconteceu o mesmo na agência de São Mamede-PB que é divisa com o Rio Grande do Norte e bem próximo de Itapetim. Aqui estamos na Divisa com a Paraiba e Certamente devia-se ter percebido que a agência desta cidade estaria marcada para o mesmo delito.
PREVENIR É MELHOR DO QUE REMEDIAR.

Anônimo disse...

Com todos os acontecimentos, gostaria de saber: por onde anda o policiamento da nossa cidade? e os guardas noturnos porque não existem mais?

Anônimo disse...

É com muita tristeza que vejo o que anda acontecendo em minha cidade natal.Já esta na hora das Autoridades de cidades pequenas começarem a olhar mais pela segurança e a população começar a enxergar com bom olhos as fiscalizações,seja para o uso do capacete ou veiculos sem placas, pois é dos pequenos delitos que aparecem os grandes.

Anônimo disse...

Não existe mais pelo fato de se confiarem demais em cidade pequana!
e cidade pequena não está isenta de acontecer essas coisa não!!
Responsáveis façam alguma coiiiisa!!!!!!!!

Anônimo disse...

ANONIMO DIZ ETUDO ISTO GUE ESTAR ACONTECENDO FICA PORISTO MESMO PORGUER A SEGURANÇA SO E FEITA PARA OS TRABALHADORES GUE TRAZEM ALGUMA COISA PARA VENDER PARA FAZER A FEIRA NUNHA MOTINHA VELHA E ELES NAO DEIXA PASSAR MAIS OLHAR OS CARROS GUE FIZERAM ISTO ...

Anônimo disse...

é mais a resposta de um dos policiais de nossa cidade.foi mandar o rapaz que foi avisar ir dormi.
isso é resposta que se dé???

Anônimo disse...

que bomba em mas tbm esse banco já estava pedindo para ser assaltado,pois parece q nem policiamento tem. VAMOS MANDAR PARA TV POIS ESTA BOMBANDO

Anônimo disse...

NOSSA Q TRISTEZA O PESSOAL AINDA DIZ QUE ITPETIM É O FIM DO MUNDO SERA SE É MESMO?
É PRECISO MAS SEGURANÇA.

Anônimo disse...

ESSES ABESTALHADO Q NÃO SABE NEM SE EXPLESSAR É MELHOR FICAR CALADO DUQUE ESTA FALANDO DA POLICIA PQ ACULPA NÃO É DA POLICIA, ELES NÃO MANDAM ELES SÃO MANDADO E QUEM TIVER MUITO PREOCULPADO Q TORME AS DEVIDAS PROVIDENCIAS, QUEM NÃO QUISER Q A POLICIA SE PREOCULPE COM OS VEICULOS ATRASADOS E OS MENORES DIRIGINDO Q ANDE CERTO Q EU GARANTO Q ELES NÃO VÃO FAZER NADA CERTO.E VC Q ANDA MUITO PREOCULPADO COM A SEGURANÇA PQ Q VC NÃO FOI VIGIAR O BANCO PARA Q NÃO ACONTECESSE ISSO. DESCULPE SE NÃO GOSTOU DO COMENTARIO MAIS A VERDADE É ESSA MEUS COMPANHEIROS.

Anônimo disse...

VC Q ESTA PREOCULPADO COM OS POLICIAS PQ Q VC NÃO TOMA AS PROVIDENCIAS. VC Q NÃO SABE NEM FAZER UM COMENTARIO É MELHOR FICAR CALADO E NÃO ESTA BOTANDO DEFEITO NA SEGURANÇA.

Anônimo disse...

a nossa cidade amanheceu de luto pena q ja chegou a violência das grandes cidades

Anônimo disse...

tem policial aqui que so sabe da pisa em bebado!!

patriotajp disse...

AMIRALDO PATRIOTA

A COLHEITA:
O vandalismo que impera no país, que destroi plantações no campo, que domina e manda as ordens nas pequenas e grandes cidades, (Exemplo Rio, outros...) e que agora manda pros ares os caixas eletrónicos das pequenas cidades em todo o país, é o fruto da colheita de uma semente mal plantada em 15 de janeiro de 1985 chamada de NOVA REPÚBLICA e rotulada de Democracia/Demo-anarquia.
EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA:
NÃO TEM MAIS JEITO! Não sejamos hipócritas, ao uso indevido de um tal otimismo tolo, e saia por aí vestido de branco, soltando pombinhas pros ares. NÃO TEM MAIS JEITO!. acreditar que o amanhã será melhor, é varrer o lixo pra debaixo do tapete, enquanto lá no miolo do Brasil, enxugam-se o gêlo. Há pouco, o país que até então tinha 160.000.000 milhões de habitantes, (O QUE JÁ ERA POR DEMAIS) subiu para quase 200.000.000 milhões, devido a falta de uma política rígida de controle natalidade. Onde passe a controlar o nascimento de novos futuros desempregados/famintos, vivendo nos bolsões da miséria das favelas, com uma gaiola na mão, um revolver na outra, uma mulher buchuda catando piolho num moleque, enquanto o patife maquina sua próxima vítima. Culpar a quem? Os policiais? A falta de um guarda notorno? Não!... Melhor voltar o relógio do tempo, pensar quando os militares mandavam anarquistas/vandalos pro xilidró/paraíso e culpar uns tais "CARAS PINTADAS" que absolveram os ideais de alguns poucos idosos já nos finais das suas vida, até já se foram... Partiram nos deixando essa herança DO PAÍS DA IMPUNIDADE, que alimenta essa raça de víboras, que nos seiva vidas, nos dizimam, e que nos mete mêdo...

patriotajp disse...

AMIRALDO PATRIOTA

JORNAL CONTRA PONTO EDIÇÃO 310. DE 03 DE DEZEMBRO DE 2010. Aqui, quentinho, acabou de sair do forna, está sobre minha mesa. E uma de suas manchetes diz:
A PARAÍBA TEM QUASE 1,5 MILHÃO DE PESSOAS FAMINTAS. (vejam: Isso somenta na ParaÍba, um dos menores estados da federação)
Ainda mostra uma cena estarrecedora de 4 pequninos num cazebre de taipa, sem entenderem o porque de tanto sofrimento. Mais quem nasce quer viver, e todo ser vivente, é um eterno gerador de despesas. Dá hora que vc nasce e acorda, ao deitar. Você passa o dia todo gerando despesas. despesas que precisam ser sanadas, despesas que nunca param de gerar... E onde está a saida para o desfeicho?. Está na sua carteira sendo batida nas ruas, está nos sinais de trânsitos sendo ivadidos, está nas vestes/carteira/tenis etc... Do meu filho que foi assaltado recentemente na porta de casa, está até nos óculos de gráu da minha esposa, que foi arrancado da sua face na luz do dia na praça central da cidade de Campina Grande - PB. (E nos seus também) Então, fica explicado, o porque para tanto vandalismo, tanta violência, que ainda é alimentada por uma impunidade que nos deixa sem ter a quem recorrermos. PODEMOS ESCOLHER O QUE SEMEAR, MAIS SOMOS OBRIGADOS A COLHERMOS O QUE PLATAMOS.
OBS: 14 exemplares do JORNAL CONTRA PONTO, (Conceituado Jornal de edição semanal na PB), estão sendo remetidos semanalmente para a cidade de Itapetim - PE via corréio. Pretendo elevar esse número, para que abranja mais leitores conterrãneos meus. Inexplicavelmente, depois de 04 semanas já enviados, não consta nenhum registro que alguém da cidade tenha recebido o mensageiro.

Anônimo disse...

NOSSA QUEM FOI ESSE IDIOTA Q DEFENDE OS POLICIAIS O OTARIO(A) ELES RECEBEM PRA ISSO E EU QUERO SIM SEGURANÇA SO NAUM VOU TUCAIA O BANCO PQ NAUM ME PAGAM PRA ISSO. PRECISAMOS SIM DE SEGURANÇA

Anônimo disse...

COMO AS PESSOAS ATACAM A POLICIA? SÃO DOIS POLICIAIS APENAS NUMA VIATURA PARA PATRULHAR UM TERRITÓRIO DE MAIS DE 18 MIL HABITANTES. NINGUEM É MAGICO, OU FAZ MILAGRES,O POLICIAL É CIDADÃO IGUAL A TODO MUNDO. SE FOSSE VC, IRIA ENFRENTAR 9 BANDIDO DE FUZÍS, E VC APENAS COM UMA PISTOLA? IRIA ARRISCAR SUA VIDA, POR UM BANCO? QUE APEZAR DE TUDO O DINHEIRO É ASEGURADO? POLICIAL SÓ TEM UMA VIDA, E UMA FAMILIA PRA CUIDAR. SOMOS VÍTIMAS DA SOCIEDADE TANTO QUANTO VCS. APENDAM A VALORIZAR A POLICIA.
MEUS AGRADECIMENTOS AOS QUE DEFENDERAM A POLICIA NOS COMENTÁRIOS, E MEUS LAMENTOS AOS QUE A CRITICAM.

patriotajp disse...

AMIRALDO PATRIOTA (RESPOSTA AO ANÔNIMO)

Anônimo... O própio nome já diz tudo: É anônimo! Não mostrou sua identidade. Mais aqui deixo uma dica para você: LÉIA MAIS, ASSISTA MAIS AOS TELEJORNAIS. Se vc tem menos de 35 anos de idade, vc não vivenciou e desconhece o Brasil que dava certo, o Brasil que tinha respeito, O País que tinha ordem, o Brasil gerenciado pelos militares. (E foi desse país que eu falei). Conhecimento gera entendomento, que gera sabedoria. E a falta desses valores na nossa vida, gera isso aí, agressão físico ou verbal. Sem o conhecimento do ontem jamais alguém entenderá o porque da baderna do Brasil de hoje. Jamais defendi ou defenderei a falta de policiamento ostensivo numa cidade. ( Estou até no momento, preparando um plano de governo, defendendo a construção de penitenciárias agrícolas, para apresentar ao governo do estado da PB). Quando passei meus últimos 04 anos anos escrevendo em BLOGS Itapetinenses, fui um grande defensor de muitas dicas importantíssimas para esse município. E na questão segurança, lá no começo, eu já defendia um policiamento de barreira, aquele que deveria fiscalizar todo veículo, bicicleta ou moto com destino a nossa cidade. Pedi isso por muitas vezes. Além desse, muitos foram os meus comentários, sugestões e dicas para um bom gerenciamento no geral, que henriquecesse a qualidade de vida dos meus conterrâneos. NUNCA FUI OUVIDO, aí sim! me senti um idiota fazendo discurso no deserto. Me senti jogando minhas pétalas ao vento seco do dezerto, me bateu a desmotivação, (senti que a opinão de filhos ausentes não recebem créditos, são ignoradas ou nem lidas). Então pedi para a RÁDIO SOL, sob a direção do seu diretor: Lenalson Piacó, excluir minha página, e agora fico de onde estou, assistindo A COLHEITA.

Anônimo disse...

INFELIZMENTE A VIOLENCIA JA DOMINA O BRASIL E NOSSA CIDADE JA ESTAVA A QUALQUER MOMENTO ACONTECENDO....O BANCO ESTAV SEM VIGILANCIA NOTURNA E A CIDADE NAO TEM VIGILANCIA NOTURNA TAMBEM, ESTAMOS A MINGUA DA VIOLENCIA E DAS DROGAS QUE ASSOLA A MADRUGADA E NINGUEM FAZ NADA...........NADA.
E AOS POLITICOS DE ITAPETIM, FACAM PROJETOS NA CAMARA PARA SOCIALIZAR OS JOVENS E CRIAR UMA PATRULHA ARMADA PARA NOSSA SEGURANCA.

Anônimo disse...

CONVIVEMOS, E SEMPRE CONVIVEMOS COM A VIOLÊNCIA, O ROUBO EFETUADO NO BANCO É APENAS À FACE COERCITIVA E SEM POLIDEZ DO ESTADO E DAS AÇÕES HUMANAS. ENTÃO PERGUNTO O QUE REALMENTE ESTAMOS FAZENDO PARA MUDAR ISSO? A REALIDADE DEVE SER TRANSFORMADA E NÃO TEORIZADA APENAS COM PALAVRAS, SÃO NOSSAS AÇÕES E INCLINAÇÕES QUE ATÉ HOJE ERGUERAM E DESTRUIRAM IMPÉRIOS. SE RELERMOS A NOSSA PRÓPRIA HISTÓRIA VEREMOS QUE AINDA NÃO TEMOS UMA NOÇÃO DE POVO, DE "PÁTRIA", E FOI A VIOLÊNCIA E O INTERESSE QUE FUNDARAM NOSSO PAÍS. NISSO QUERO DIZER QUE A VIOLÊNCIA NÃO É DE HOJE, NEM FRUTO DE UMA MUDANÇA DE ABERTURA POLÍTICA DE 40 ANOS ATRÁS. EXISTEM BRASILEIROS HOJE QUE NEM SABEM QUE SÃO BRASILEIROS.NA VERDADE ESTAMOS CRITICANDO UM PROBLEMA "GLOBAL" COM SE ESTIVESSE TRATANDO DE UM PROBLEMA LOCAL; NESSE SENTIDO, FICAMOS COM RAIVA QUANDO COLOCAM LIXO NA NOSSA PORTA, NOS CHAMAM PALAVRÕES, ENFIM, TUDO QUE ATRAPALHE E PERPASSE NOSSOS PRÓPRIOS INTERESSES. O QUE ESTAMOS TRATANDO AQUI É UM ASSUNTO MUITO SÉRIO E ALTAMENTE COMPLICADO, CADA UM TEM UMA IDÉIA, UMA VISÃO DE MUNDO DIFERENTE; PROVANDO MAIS UMA VEZ QUE O CONHECIMENTO É DIALÉTICO. TODAVIA, O QUE VENHO DIZER É QUE O PROBLEMA É O PRÓPRIO SISTEMA QUE VIVEMOS, NÃO APENAS A CONSTITUIÇÃO FROUXA QUE TEMOS, MAS O PRÓPRIO SISTEMA ECONÔMICO. O CERNE DA QUESTÃO NÃO É DISCUTIR SE A POLÍCIA ESTÁ CERTA OU ERRADA, SE QUEM DEVIA CUIDAR E VIGIAR O BANCO SÃO OS PRÓPRIOS CIVIS, SE OS JORNAIS MENTEM OU FALAM DA REALIDADE QUE LHES CONDIZ, SE OS BANDIDOS SÃO HORRENDOS,INFERNAIS E POR ISSO DEVEM SER SUPLICIADOS, MAS ATENTAR-NOS AO FATO DE QUE TEMOS AS CONDIÇÕES E OS MEIOS MATERIAIS DE MELHORAR À CONDIÇÃO DE TODA POPULAÇÃO.
DE MODO MAIS AMPLO, PODERIA DIZER QUE
O estado brasileiro é engraçado: Na política temos bons demagogos, na economia temos neoliberais defensores do estado de bem estar social. Ainda misturamos religião e política, utiliza-se da fraca e excludente democracia para valer os direitos dos mais fortes. É o direito da religião, é o direito do patrão, é o direito do empresário..., se vivemos verdadeiramente nessa democracia, porque somos mais iguais do que os que vivem desabrigados, sem acesso a saúde, educação, direito a cidadania, a viver livre dos auspícios da corja conservadora desse país . Só na cabeça deles o país esta bem!

Somos alegres com nosso céu talvez porque vemos apenas uma face da moeda. Que tal sairmos do nosso paraíso para vermos a realidade como ela é, imperfeita, triste, excludente e o pior de tudo, feita por nós. Não essencialmente por nossa escolha, mas materialmente por nossos atos.

Por isso seja livre, pise nas suas misérias, não sonhe muito, esquecendo das suas capacidades concretas de realizá-lo. Enquanto vivermos em uma mixórdia de idéias sem nenhuma relevância para o bem comum, será impossível transformar algo inexistente em algo dotado de existência, ou escolheremos entre uma nova democracia ou um novo Brasil.
Se tens poder de compra, és feliz com Deus e a terra, se não tens poder de compra és feliz com Deus, porém sem poder gozar da terra prometida de sua profecia. Vivemos e sempre vivemos, num mundo essencialmente fugaz, o mundo o interesse frio, do altruísmo que vira egoísmo a longo prazo. É insólito então falar que organicamente somos felizes, num mundo como dizia Karl Marx , em que” tudo que sólido desmancha no ar e tudo que é sagrado é profanado”.

" O PROBLEMA ESTÁ ALÉM DE NOSSA OBNUBILADA VISÃO, MAS AO ALCANCE DE TODOS
QUE ACREDITAM NUM MUNDO MELHOR".

ABRAÇOS!!!

Anônimo disse...

parabéns último anônimo. O brasil gerenciado pelos militares teve algumas conseqüências, além de terem derrubado um governo eleito pelo povo desdobraram esse ato inóspito em outros piores. Como sabemos a ditadura militar não foi apenas uma luta tosca entre comunistas e militares, mas algo mais profundo. O que estava realmente em jogo era a proteção do capital. A classe burguesa brasileira se via acuada pelo avanço do socialismo, principalmente com o primeiro país socialista da América ( Cuba). O interesse internacional da maior potência capitalista ( Estados Unidos), parte significativa dos cristãos e os militares iniciaram oficialmente em 1964 a ditadura militar( a famosa marcha da família com Deus pela liberdade), cujas maiores implicações foram 21 anos de repressão a quem tentasse se insurgir contra o sistema, os atos institucionais são o exemplo mais forte.
O pior é que a ideologia sistematizada na época era de uma Brasil bom, unido, solidário ( quem não lembra do slogans “ Brasil, o país que vai pra frente”, Brasil, ame-o ou deixe-o” etc). Essa forma de incitar o nacionalismo não ficou limitada ao partido dos militares( ARENA), mas o própria mídia, os jornais e os rádios( que na época estavam em alta) falavam de um Brasil como o melhor dos países para se viver. A globo é se encaixa nessa categoria, pois até hoje mantém uma linha de transmissão de informação altamente conservadora( filha da ditadura).Além disso, a quantidade de artistas que enfrentaram a repressão era simplesmente indigesta. Cantores como Zé ramalho, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Raul Seixas,Gonzaguinha, Geraldo Vandré, entre outros, tiveram muitas músicas censuradas e muitos foram torturados. Muitos líderes revolucionários da esquerda brasileira foram mortos e o partido comunista(PC) foi o partido que mais sofreu baixas entre seus militantes. A UNE foi perseguida, as universidades tiveram seus “intelectuais orgânicos” presos e outros exilados como foi o caso de Paulo Freire, na minha opinião o maior educador brasileiro. Os cursos de história e ciências sociais ficaram praticamente sem professores, pois a maioria era taxada de comunista.
É preciso entender que começou aí a degradação das instituições de ensino públicas, que posteriormente, com os governos neoliberais ( Collor, Fernando Henrique etc)começam a dar mais importância a iniciativa privada. A partir daí lançou-se a ideia de que tudo que é publico é ruim, é “ineficiente”. Para não esquecer, muitos políticos de tendência esquerdista foram presos, exilados e outros mortos. No caso de Miguel Arraes, por exemplo, foi preso e passou alguns tempos em Fernando de Noronha e depois foi exilado na Argélia.
Esses “anos de chumbo” também promoveram uma nova forma de ver e conceber o Brasil. A ideia da democracia racial foi bastante difundida na década de 70, a Europa e os Estados Unidos nos viam como um caldeirão de raças( tão difundida pela UNESCO naquela época). Muitos que defendem a ditadura falam dos avanços que ela trouxe ( industrialização, exportação de bens manufaturas, enfim o que na época do ditador Médici era conhecido como milagre brasileiro) e eu vos digo que não há progresso, não há avanço, quando o que estava em jogo( e ainda está) era as vidas humanas que até hoje repousam nos arquivos gelados da ditadura, ou mesmo em uma medalha agraciada pela tropa de elite do estado.
Houve perdas dos dois lados, porém acho que um lutava por emancipação, pela democracia e pela revolução, enquanto que outros, lutavam pela conservação, pelo modo estático e não funcional das nossas instituições, através de uma ditadura que até hoje surte efeito. PCC, favelização, submissão ao capital internacional e outros.

Anônimo disse...

Trabalhe em casa com Mala Direta, ganhe até R$ 1.200,00 no mês e um notebook sem sorteios. Acesse http://sistema.trabalheemcasaoverdadeiro.com.br/2156983.

Postar um comentário